Erros de português podem te prejudicar no estágio

Em qualquer área ou cargo, falar e escrever bem são competências imprescindíveis para qualquer profissional, e essa habilidade é observada desde o estágio. Por isso, ter domínio da língua portuguesa é muito importante, já que os erros são observados e podem ser contar como um ponto negativo para a empresa.

Os erros são comuns em e-mails, comunicados e até na fala e, muitas das vezes, podem ser evitados com um pouco mais de atenção e pesquisa. Vale tirar as dúvidas e conferir se o que escreveu está correto, antes de enviar e-mails, por exemplo.
Conheça alguns dos erros de português mais comuns no ambiente de trabalho, para nunca mais repetir:
  • Mas x Mais
Esse é um dos erros mais comuns da língua portuguesa. O “mas” deve ser usado quando queremos passar uma ideia de contrariedade, tendo a mesma função de “porém”. Já o “mais” é um advérbio que indica intensidade e é o oposto de “menos”.
  • Onde x Em que
O “onde” é um advérbio de lugar, portanto deve ser utilizado quando queremos falar sobre um lugar em específico. Se o seu objetivo é substituir a expressão “na qual”, utilize “em que”.
  • Para mim fazer x Para eu fazer
Este é um erro muito comum na fala, mas que também aparecer na escrita em diversos casos. O “mim” não exerce função de sujeito, portanto não pode ser utilizado antes de um verbo no infinitivo. O correto então, é: “o chefe pediu para eu fazer uma planilha”.
  • É suficiente x São suficientes
Deve-se usar a expressão no singular (é suficiente), pois o verbo é invariável quando indica preços, medidas, peso ou outras quantidades.
Ex: Vinte reais é suficiente para almoçar naquele restaurante.
  •  Em vez de x Ao invés de
Ambos os formatos estão corretos. Se você estiver se referindo a substituição de algo, use “em vez de”.
Ex: Em vez de ir ao trabalho de carro, fui de ônibus.”
Já a expressão “ao invés de” deve ser usada quando você se referir a oposição de algo. É o mesmo que a expressão “ao contrário de”
Ex: Ao invés de falar ao telefone, envie-lhe um e-mail.”
Perceba que a expressão “em vez de” pode ser usada em frases cuja ideia também é a de oposição. Mas o contrário não acontece. “Ao invés de” sempre será uma expressão que significa o inverso de algo.
 
 
 
voltar